DICAS

Beliscar

Uma tentação saudável!

Pequenos lanches entre as refeições principais fornecem energia extra ao organismo e ajudam a placar o apetite

Com a vida agitada e as responsabilidades do dia a dia, muitas pessoas não se preocupam em comer nos intervalos das refeições. Mas passar longos períodos sem se alimentar é perigoso. È fundamental não esperar ter fome para comer e programar para realizar pequenos lanches entre as grandes refeições ao longo do dia.
Ao restringir o consumo de alimentos, o metabolismo tende a ficar lento, como uma forma de poupar a energia que lhe foi fornecida. Além disso, na próxima refeição, a fome tende a ser muito maior, favorecendo escolhas por alimentos mais calóricos, como forma de “compensação”, o que contribui para o ganho de peso.
O ideal é dividir a alimentação em três refeições principais (desjejum, almoço e jantar) e dois a três lanches intermediários, tudo em pequenas porções de cada vez. Esta prática é fundamental para manter o nível de glicose estável e o metabolismo acelerado, além de diminuir o desejo por guloseimas.
Mas cuidado: comer mais vezes ao dia não significa comer além do necessário. Deve-se optar por produtos nutritivos, diversificar o consumo e controlar as quantidades. As opções de lanches saudáveis são inúmeras. Basta se organizar para criar este hábito de consumo tão simples e necessário à saúde.

OPÇÕES DE LANCHES SAUDÁVEIS

• FRUTAS FRESCAS E/OU SECAS - Fornecem vitaminas e minerais, estimulam o sistema imunológico e protegem contra vírus e infecções.

• OLEAGENOSAS – Nozes, castanhas e amêndoas são ricas em gorduras insaturadas, que auxiliam na redução dos níveis de colesterol. Mas atenção às quantidades: se consumidas em excesso (acima de 30g), podem levar ao ganho de peso.

• CEREAIS INTEGRAIS - Facilitam a digestão, ajudam no funcionamento intestinal, ajudam no funcionamento e saciam a fome. Barra de cereais, cookies, torradas e biscoitos integrais são opções práticas. Outra sugestão é um sanduiche de bisnaguinha ou pão integral, com recheio de pasta de soja ou tahine, que são ricas em cálcio e sem colesterol.

• HIDRATAÇÃO – Alem da água, é necessário consumir água de coco, chás, sucos naturais, vitaminas à base de extrato de soja e frutas leves e super nutritivas. Sucos prontos orgânicos ou chás gelados são ótimas opções.

Fonte: Revista Mundo Verde

« Voltar para Dicas